quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Encontros de terceiro grau


Não via o meu pai há dez anos.

A primeira coisa que ele disse quando me viu: "Tens que perder barriga."
Espectáculo.



11 comentários:

sonhosdeumarapariga disse...

Depois de já termos perdido peso, cai que nem uma pedra de gelo virem dizer-nos que precisamos de fazer dieta ou de emagrecer.
Como se soubessem a nossa evolução ponderal!
Qnd me dizem isso eu respondo com um: 'já perdi 11 kg".
Eu sei que ainda tenho uma longa caminhada, mas não posso deixar de me orgulhar das minhas conquistas. Tal como correr 15 minutos seguidos sem grande esforço, depois de vários treinos árduos. Aceito que me achem gorda, mas não admito que me subestimem pelo peso que tenho, pois não é ele que determina as minhas capacidades, e sei que o mesmo se passa contigo.
Força com isso ;)

sonhosdeumarapariga.blogs.sapo.pt

Filipa Arez disse...

que cena linda :| lamento... muitas vezes os outros não dão valor ao nosso esforço, a única coisa que te posso dizer é dar força e que não desistas... quanto a esse tipo de comentários... olha, não me leves a mal, não sei nada de ti ou da tua família, mas ignora. é o melhor. eu ignoro 90% da "minha família" (sim, porque para mim algumas dessas pessoas só partilham alguma coisa do meu adn, não são família). a sério, focaliza-te no que te faz bem e nos que te fazem sentir bem e amada. o resto é paisagem.

*C*inderela disse...

compreendo-te perfeitamente. apesar da ausência não ser tão grande o meu avô paterno - vejo-o anualmente - cada vez que me vê diz que estou mais gorda!
enfim ...

bjokas

Ana disse...

Não lhe dês importância. Nós vemos a tua luta diária, e acompanhamos-te. Nós sabemos que estás a esforçar-te e que vais conseguir. O facto de ele ter contribuído para a tua existência com um espermatozóide não faz de ti teu pai. E tens pessoas que gostam muito de ti e te admiram. Eu sou uma delas, meu anjo. Força <3

Loh-la disse...

Nunca estamos bem o suficiente.... mas 10 anos. Poça. Isso são mesmo muitos anos para nao veres o teu pai!

Fashionista disse...

Não ligues.. A minha mãe às vezes também se sai com umas lindas..

MartaP. disse...

:o
para quê ligar a uma opiniao de uma pessoa que ja nao se vê à 10 anos?

V. disse...

Adorei o teu blog! Parabens!

vitimadaescola.blogspot.com

Diana Teodoro disse...

Sei que dói, porque pai é pai. E às vezes dói mais, se é um pai que não está na nossa vida.
Não te deixes afectar!Estás no bom caminho. E mesmo que não estivesses, que direito tem uma pessoa de dizer isso a outra?
Odeio o facto das pessoas interpretarem a gordura de uma pessoa como passe-livre para fazerem todo o tipo de comentários e darem todo os tipo de dicas. A pessoa é gorda, sabe que é gorda, não precisa de ninguém a dizer-lhe. Se quiser emagrecer, emagrece, se não quiser,não emagrece.
Fico fora de mim com estas coisas. Os meus pais e avós são assim. Os avós do meu namorado também. E pessoas em geral, que acham que eu preciso de uma alma caridosa que me venha dizer que sou gorda. Ora haja paciência! Eu também não ando aí a dizer às pessoas que usam roupas hediondas, ou que têm problemas de acne ou nada do género!
Paciência é tudo o que eu te desejo!

Paula disse...

Pois... Agora fizeste-me lembrar do que a minha mãe me dizia tantas vezes: estás gorda.
Ficamos tão tristes...

S* disse...

Feio.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...